segunda-feira, 25 de outubro de 2010

11 DICAS PARA IGNORAR O ORGASMO E FAZER AMOR POR HORAS...

POR GUSTAVO GITTI

Uma leitora reclama que seu parceiro não aguenta muito tempo de penetração. Um leitor escreve relatando que, se está muito excitado, não consegue segurar a ejaculação e depois, enfraquecido, prolonga o sexo como dá. Ambos se surpreendem com a idéia do homem não ejacular e guardar energia para a próxima noite. Foi por isso que resolvi reunir algumas sugestões para ajudar a mudar esse cenário. Não quero, contudo, criticar a famosa rapidinha ou o sexo cotidiano de 1 hora, apenas descrever outra possibilidade.

Antes, alguns esclarecimentos. Quando falo “sexo prolongado”, tenho em mente um casal que fica mais de 3 horas transando – com breves interrupções para carinho, conversa, hidratação e alimentação – sem contar preliminares como jantar e dança. Nada demais, mas recentemente descobri que não é uma experiência presente em todas as camas.

Por “ignorar o orgasmo”, me refiro a transar sem dar nenhuma importância ao orgasmo e continuar mesmo depois de gozar. Como isso é raridade no universo masculino (mesmo para quem consegue, a potência é bastante reduzida na segunda vez), recomenda-se que o homem evite ejacular, enquanto as mulheres ficam liberadas para gozar o quanto quiserem.

Ao montar a lista, evitei dicas óbvias como “façam alguma atividade física” (claro, é muito melhor se ambos praticam algum esporte, dança, ioga ou arte marcial), “alternem lugares e posições sexuais” (maravilhoso se usarem a bancada do escritório, a mesa da cozinha, a escada do prédio, de quatro, de ladinho, em pé) ou “usem várias camisinhas” (espero que meus leitores já sejam mestres na arte de espalhar camisinhas pelo chão).

Muitas sugestões são direcionadas aos homens pois nunca encontrei uma mulher que não estivesse pronta para mais de 3 horas de sexo irrestrito. Além das dicas que se aplicam a ambos, deixei uma sugestão de jogo para as meninas que desejam enlouquecer a mente de seus parceiros. Dividi em “Antes” e “Durante”. Para “Depois” indico uma promoção perfeita para quem, como eu, deseja trocar o apê por um bangalô.

Por fim, não confundam: nada disso é sexo tântrico. Tantra é outra coisa.

ANTES…

1. Não ejacule por 2 ou 3 dias

Duas constatações do homem que observa seu funcionamento sexual: a ejaculação desperdiça energia vital, diminui a qualidade da ereção e o desejo de atravessar e penetrar sua mulher. Se você respeita sua mulher, fique 3 dias sem ejacular antes de encontrá-la. Naquele fim de semana em que vocês não se desgrudam, deixe para ejacular apenas no fim do domingo, ou melhor, não ejacule e inicie a semana com 100% de vigor. Ejacular deve ser um ato consciente e não uma necessidade. Para aguentar mais de 3 horas de sexo, direcione a energia acumulada e mantenha potência total até levar sua mulher à exaustão. Ainda assim, você tem a liberdade de não ejacular, o que muitas vezes acontece simplesmente porque ela, depois de gozar várias vezes, acaba dormindo.

2. Sente-se imóvel em silêncio

Para não reagir ao impulso de gozar e aprender a ficar presente, sem cair em pensamentos e emoções autocentradas que tensionam nosso corpo (o que só aumenta nossa necessidade de ejacular para liberar o stress), existe o milenar método da meditação. É bastante simples: sente-se e fique imóvel em silêncio por uns 15 minutos. Observe como nossa mente é arrastada por vários pensamentos e como a energia de nosso corpo oscila. Com a prática, você treina liberdade frente aos impulsos, estabiliza a energia e intensifica sua presença no mundo, algo que aprofundará o prazer na cama.

3. Aja como se já estivesse na cama

O melhor jeito de fazer sexo sem fim é não colocar um começo. Antes do beijo, longe da cama, eles se movem como se já estivessem deitados transpirando a noite. Ou seja, fazem amor com todas as coisas ao redor, deliciam-se com o vinho, piscam de prazer. Ele toca nas coisas como se estivesse tocando nela: com firmeza e delicadeza, sabendo o que está fazendo e para onde vai, mas sem pressa alguma de chegar. Ela abre o sorriso como se estivesse tirando a saia. Então, quando ele começa a penetrá-la, ambos tem a certeza de que aquilo já estava acontecendo. Aí o difícil é descobrir como terminar aquilo que nunca começou.

4. Se não estiver disposta(o), nem comece

Não temos a obrigação de finalizar uma noite quase perfeita com sexo. Se chegamos cansados, é melhor dormir do que fazer um sexo displicente, sem vigor, apático. Se a mulher está animada, o homem pode tomar um banho gelado para ficar no ponto (acredite, fazemos isso). Se é o homem que está pronto, a mulher pode se deixar levar até ficar excitada e pedir pela penetração. No entanto, nem sempre isso acontece naturalmente – e se há esforço, é melhor deixar para depois. O ponto é não aceitar nada menos do que um sexo vigoroso, atento, com total presença de ambos.

DURANTE…

5. Respire profundamente e absorva o outro

Enquanto algumas mulheres fazem uma respiração pulmonar, superficial, agitada durante o sexo, muitos homens não sabem que soltar a barriga é um dos melhores modos de prorrogar a ejaculação. Sem vergonha, ambos podem perder a pose e respirar profundamente pelo abdômen durante o sexo. A contração usual da barriga deve ser transferida para os músculos pélvicos. Em vez de reter, meter. Aceitação sem filtros, a respiração é nosso grande convite ao outro e à vida: “Traga o que quiser, venha como vier: eu vou te abocanhar, engolfar e absorver tudo até te devolver, completamente transformada, a si mesma”.

6. Não tente controlar o orgasmo

Com a prática da respiração consciente, descobrimos que podemos nos movimentar freneticamente como animais e, ao mesmo tempo, respirar lentamente como deuses. Tal estabilidade gera o destemor que precisamos para chamar o mais intenso prazer. Avançar até o orgasmo em vez de evitá-lo. Para não ejacular, não fique se controlando. Quando você coloca um limite, todos os estímulos se tornam perturbadores e o empurram ao orgasmo. Nas preliminares, faça o teste das cócegas: se uma leve carícia, na axila ou na cintura, o fizer tremer como uma criança, respire e aprofunde sua entrega sensorial. O mesmo vale para as mulheres.

O caminho é inverso: vá até o fim, relaxe, se solte, permita que o prazer aumente em vez de impedi-lo e travá-lo. Para homens: quando sentir que for gozar, pare um pouco, troque de posição e continue até adquirir confiança para ultrapassar o ponto no qual você estava acostumado a se desesperar. Para mulheres: veja se gosta de segurar por muito tempo ou, se isso a distanciar do orgasmo, goze várias vezes enquanto ele treina não ejacular.

Para o casal, eis o processo rumo a níveis mais profundos de prazer: onde antes tremíamos em uma experiência de pico, agora repousamos em um céu de gozo sem origem, fim, eu, outro, dentro ou fora. O pico do prazer, se quiser ser considerado orgasmo, terá de ser cada vez mais arrebatador para conseguir nos fazer cair, desfalecer, estremecer.

7. Proponha o jogo da ereção constante

Se hoje gozamos facilmente, é porque ainda não entendemos o jogo. Caso contrário, não trocaríamos horas de prazer revitalizador por horas de cansaço sonolento. Faríamos de tudo para evitar que o orgasmo acabe com a brincadeira. Pois bem, para reconhecer um jogo, invente e simule-o até perceber que ele sempre esteve ali. Quando seu marido chegar em casa, diga que você não o deixará descansar por 3 horas seguidas. Então use mãos, peitos, lábios e pés para sustentar a ereção dele nos intervalos entre uma penetração e outra. A idéia é que ele não caia por nem um minuto.

Depois de meia hora, se você der sorte, ele terá ultrapassado vários picos de prazer e estará em uma condição livre, imperturbável. Nada no mundo consegue chacoalhar um homem assim – presente, lúcido, desperto. Acredite, você vai ter de implorar para ele gozar. Talvez você se coloque de joelhos, não por prazer, mas por cansaço: para fazê-lo parar. ;-)

8. Abuse do K-Y

Quando o casal descobre a diversão escondida logo depois das primeiras tentativas que o orgasmo faz para nos tirar do jogo, ou quando explora a diversão escondida logo atrás, entra em cena o famoso K-Y. Já que a lubrificação natural não dá conta de 5 horas de penetração, algum homem bom de cama sentiu necessidade de inventar uma substância parecida com as secreções de prazer que soltamos naturalmente. Tenho certeza que o primeiro slogan do produto foi: “K-Y: porque a lubrificação acaba, mas o amor não” (isso é uma brincadeira, mas ficaria feliz se essa frase fosse utilizada em uma campanha). Falando nisso, deixei um link abaixo para você aprender a usar seu K-Y de outro modo.

9. Faça intervalos

Junto com a diversão, podem surgir alguns problemas. Eu mesmo já passei mal, vi cores no escuro do quarto, alucinei e quase desmaiei durante uma noite dessas. Como nossa mente não é estável, brincar com a energia sexual nem sempre é saudável. Para evitar ocorrências do tipo, recomendo intervalos regulares para tomar água e comer frutas ou castanhas. Algo leve. Você pode tentar aproveitar o tempo para ficar um pouco longe dela, mas não vai adiantar: “Amor, traz chocolate?”.

10. Saiba brochar

Todo mês, em qualquer banca de revistas, temos acesso a 181 técnicas (sempre inéditas!) para produzir super orgasmos múltiplos de 10 minutos em sua mulher. Desconfio que isso vem trazendo um pouco de ansiedade para nossa mente masculina. Nada que não seja simples de superar. Lembre-se que não temos responsabilidade alguma sobre o prazer das mulheres. Não há problema algum em falhar por completo. Desculpas e justificativas são desnecessárias.

Anote aí sua frase de redenção: o orgasmo é a coisa mais brochante do mundo! Demorou para abrir a camisinha, a boca dela não colaborou, o cansaço se impôs, a mente ficou confusa… Tudo isso pode ser rapidamente revertido, mas é muito difícil se levantar depois de ejacular. Para se recuperar de uma brochada, basta reconhecê-la e não tentar se livrar da situação desconfortável. Jogue a camisinha no chão, desista de tentar, aceite a derrota e sorria. Se não fizer isso, aí sim cairá em uma brochada clássica irremediável. Se, ao contrário, rir e se soltar, de repente suas mãos estarão passeando no corpo dela e a situação toda se levantará de novo.

11. Durante o prazer intenso, foque o outro

É muito comum encontrarmos mulheres e homens que, para gozar, se concentram em suas próprias sensações e até fecham os olhos, enclausurados, contraídos, como adolescentes em seus primeiros orgasmos. Para evitar que o sexo se transforme em uma masturbação a dois, o caminho é o inverso. Quando estiver se perdendo dentro de si mesmo, direcione seu olhar ao outro, ofereça seu prazer, mergulhe, solte, arranhe seu homem, enfie, enterre, meta com mais força em sua mulher. Só gozamos quando estamos distraídos acompanhando nossas sensações.

Diante de nossa experiência sensorial e subjetiva, temos duas opções: reprimir e controlar ou ceder e gozar. Ambas acabam com o prazer. A verdadeira saída da prisão adolescente está diante de nossos olhos: a experiência sensorial e subjetiva do outro. Ficamos presentes e abertos ao prazer na medida em que adentramos nosso parceiro e nos liberamos do autocentramento. É possível respirar o outro para dentro, fazer sua energia circular em nosso corpo e, simultaneamente, penetrar o outro e sentir por dentro e para além dele. Em uma posição, estremecemos e enlouquecemos (choramos e sorrimos) quando somos possuídos. Em outra, avançamos furiosos quando atravessamos e rendemos o outro.

A fúria mansa masculina e a doce loucura feminina nos levam para além do orgasmo. É esse o verdadeiro prazer (inseparável do que chamamos de amor): ficar presente, sentindo tudo, completamente aberto. Se o homem se abre para as sensações da mulher, a ereção não oscila. Se a mulher se abre para a potência que vem dele, ela se sente penetrada para além do corpo. Só esse gozo é capaz de realmente satisfazê-la

Retirado de: http://nao2nao1.com.br/sexo-prolongado-dicas-orgasmo-e-fazer-amor-por-horas/

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

MITOS DO SEXO




Confira as principais mentiras a respeito da sexualidade masculina e feminina!

Os mitos são criados para expressar o modo de pensar de uma parte da sociedade e são repassados por gerações seguintes. O perigo é que esse mitos às vezes atrapalham e provocam traumas e problemas sexuais que não permitem que as pessoas tenham uma vida sexual saudável e sem sofrimentos.

Veja abaixo os principais desses mitos:

As mulheres são naturalmente menos sexuadas do que o homem.
ERRADO. A sexualidade é igual no homem e na mulher.
A masturbação excessiva leva o homem à impotência e a mulher à anorgasmia (ela não chega ao orgasmo)
ERRADO. Não tem nada a ver uma coisa com a outra.
A mulher grávida não pode ter relações sexuais, pois pode perder ou machucar a criança
ERRADO. Durante uma relação sexual normal, não violenta, o pênis não penetra dentro do útero e não fere o feto
O tamanho dos pés, nariz ou das mãos indica o tamanho dos genitais
ERRADO. Não há nenhuma correlação entre as citadas partes do corpo.
A esterilização (vasectomia ou a laqueadura), em ambos os sexos, diminui o desejo
ERRADO. Os dois procedimentos cirúrgicos só impedem a gravidez e não alteram nada na sexualidade masculina e feminina.
A mulher histerectomizada (que retira o útero), ao alcançar a menopausa, deixa de ter orgasmos.
ERRADO. A retirada do útero só impede que a mulher engravide, mas as suas respostas sexuais permanecem inalteradas.
O tamanho do pênis, do clitóris ou das mamas é indicativo de maior ou menor capacidade sexual ou de maior prazer.
ERRADO. A capacidade sexual depende do amadurecimento sexual de cada um e o prazer depende do envolvimento, do tesão e da entrega dos parceiros no jogo sexual.
O número excessivo de masturbações quando adolescente faz com a potência sexual caia quando adulto
ERRADO. O excesso pode levar a um desgaste físico que atrapalha outras atividades normais nesta faixa de idade, como a escola e atividades esportivas.
A masturbação faz crescer pelos nas mãos e provoca espinhas
ERRADO. A masturbação é um ato normal e não provoca doenças.
As Doenças Sexualmente Transmissíveis podem ser pegas em sanitários públicos ou sem higiene adequada.
ERRADO. Os organismos que causam tais doenças não sobrevivem nestes locais. Assim, não podem ser transmitidas por este meio.
Um pênis grande é importante para a gratificação sexual da mulher.
ERRADO. O tamanho do pênis nada tem a ver com maior ou menor prazer sexual, tanto no homem como na mulher.
O homem deve sempre tomar a iniciativa da relação sexual.
ERRADO. A mulher tem os mesmos direitos e deveres sexuais no relacionamento sexual. A mulher pode ousar e ajudar muito no sexo, excitando o parceiro e melhorando sua resposta sexual.
Se o homem não ejacula com freqüência, o esperma sobe para a cabeça e o deixa louco.
ERRADO. Se o homem não ejacular por algum tempo, o organismo renova os espermatozóides e elimina os mais velhos, mantendo sempre um número estável localizado nos testículos.
A partir dos 60 anos o homem não tem direito ao sexo.
ERRADO. O homem e a mulher não têm limite de idade para praticar a sexualidade. Devem se adaptar sexualmente por causa das mudanças no corpo, mas pode ter sexo sadio, prazeroso e constante.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

CONTO: Pedaços de uma deliciosa rotina - PARTE I by Dapne Hazzell


Estou de volta depois de tanto tempo... coisas maravilhosas aconteceram em minha vida... atualmente achei o amor de minha vida, e estamos juntinhos, dividindo uma rotina deliciosa... e é sobre ela, a titulo de homenagem a quem me faz tão feliz, que escrevo este relato... o primeiro de muitos...


Casei-me há pouco mais de dois meses... e se antes éramos loucos um pelo outro, agora que temos nossa intimidade, nosso cantinho, está mais delicioso ainda. As feministas que me perdoem, não quero me envolver em atritos com ninguém... mas fazer as coisas por quem amamos é tudo de bom... adoro limpar nossa casinha, cozinhar coisas gostosas para ele se deliciar e... atacá-lo sempre que por um instante ele vacila... rsrsrsrs.

Desta vez... a surpresa foi minha... eu que sempre me insinuei, me esfreguei nele, e fiz mil coisas para convencê-lo a me amar mesmo quando ele jurava que não tinha vontade... adorei o que nos aconteceu... passemos aos trabalhos... rsrsrsrs

Meu maridinho chega sempre na mesma hora, salvo algumas situações em que precisa sair ou ficar mais tempo... apesar de eu não gostar pois é menos tempo juntos, eu aceito porque amar também é entender. Nesta noite, não foi diferente. Eu já o esperava linda e cheirosa e com um lanchinho pronto para que ele agüentasse até a hora de jantar... claro que parei tudo para beijar muito... saber de seu dia, coisas triviais que adoramos falar...
Enquanto ele me abraçava... escorregou a mão pelo meu bumbum, e enfiou por baixo de minha saia... sorriu maliciosamente quando notou que estava sem calcinha... eu rapidamente me livrei dele e dando risada saí da sala dizendo:

- nada disso agora danadinho... só mais tarde...

E fui adiantar o jantar. Estava eu junto á pia, cantando, pois o nosso som estava ligado, descascando e picando verduras, quando senti um beijo no pescoço... o safado sabe que isso é minha ruína... rsrsrsrs
Na hora parei de fazer o que estava fazendo... ele me viu parar e disse:

-não pare... quero jantar hoje ainda...

E eu tentei com todas as minhas forças continuar a raspar a dita cenoura.. enquanto sentia os beijos cada vez mais caprichados... e a mãozinha boba dele erguendo minha saia, que era bem ampla. Já não continha os suspiros e de uma vez larguei a fala e a cenoura e tentei me virar... ele não deixou.
Me dei uma encoxada que me deixou sem ar, e me virou para a mesa da cozinha... lá foi que eu vi estrelas, pois ele me fez deitar o tronco sobre ela, e afastou minhas pernas...
Senti o vento frio lamber minha pele me deixando arrepiada.. e senti sua boca deliciosa beijando meu bumbum, lambendo... afastou mais minhas pernas e começou a passar a língua vagarosamente sobre meu grelinho que a esta hora estava inchado e louco por um toque... e eu gemia... suspirava... e ele me ordenada:

- calada... fique caladinha... não mandei me provocar... agora agüente!

E eu tentava a todo custo me controlar...mas as vezes o gemido escapava... e ele para me punir estapeava meu bumbum...


Eu estava louca com aquilo... ele nunca havia agido assim... mas eu estava amando!
Ele me penetrou com dois dedos... eu gemi alto, e ele me bateu coma outra mão...

- aiiiiiiiiiiiii!

Quando ele percebeu que eu estava por um fio... ergueu-se e me penetrou por trás... quase morri de prazer com isso...

- Viu no que dá provocar um pobre trabalhador sua danada? Toma, sei que você esta adorando!

E eu só sabia gemer... ergui uma das pernas e pus em cima da mesa... e ele me segurava pelos quadris e enterrava tudo dentro de mim... sentia o mel escorrer pelas coxas, e assim nós dois, em pouco tempo gozamos.

Não conseguimos sair da posição em que estávamos, tamanha o cansaço que nos tomou... ele deitou-se sobre mim em cima da mesa. E ficamos ali... nos sentindo um dentro do outro...

Depois de quase 2 horas o jantar saiu.... e foi na cama.

Um beijo da Dapne

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

40 ERROS QUE OS HOMESN COMETEM NA CAMA








Atenção homens, leia esse texto para ver se você não está fazendo algo errado que venha a desagradar a mulher na cama. Eu mesma desaprovo muita coisa, agora outras, sinceramente, o critério de cada um deve julgar...


01. NÃO BEIJAR PRIMEIRO.Evitar os lábios e ir direto às zonas erógenas faz com que ela se sinta como se você estivesse pagando por hora e tentasse fazer o dinheiro valer cortando partes não essenciais. Um beijo apaixonado conveniente é a forma de preliminar definitiva.


02. DAR UM CHUPÃO NA ORELHA.Seja franco: algum cara na escola lhe contou que as garotas adoram isso. Bom, há uma diferença entre ser erótico e chupar como se você estivesse tentando fazer respiração boca-a-boca num hipopótamo. Isso machuca.


03. NÃO FAZER A BARBA.Freqüentemente você se esquece de que tem um porco-espinho atado ao seu queixo, o qual você arrasta repetidamente através do rosto e das coxas da sua parceira. Quando ela vira a cabeça de um lado para o outro, isso não é paixão, ela está tentando se esquivar.


04. ESPREMER OS SEIOS DELA.Quando botam as mãos neles, a maioria dos homens age como uma dona-de-casa experimentando um melão para ver se ele está maduro. Afague-os, acaricie-os e alise-os.


05. ABOCANHAR OS MAMILOS.Por que os homens se grudam nos mamilos de uma mulher e depois os tratam como se quisessem esvaziar o corpo dela pelos seios? Mamilos são extremamente sensíveis. Eles não resistem a mastigação. Lamba e sugue gentilmente. Dar-lhes pancadinhas com a língua de um lado ao outro é legal. Fazer de conta que eles são um brinquedo de cachorro não é.


06. TORCER OS MAMILOS DELA.Pare de fazer aquela coisa de girar os mamilos entre o indicador e o polegar como se estivesse tentando sintonizar uma rádio numa área montanhosa. Concentre-se nos seios como um todo, não só nos pontos de exclamação.


07. IGNORAR AS OUTRAS PARTES DO CORPO DELA.Uma mulher não é uma via expressa com somente três saídas: Peito Leste e Oeste, e o Túnel do Meio. Existem vastas áreas do corpo dela as quais você freqüentemente ignora quando passa direto para Vagina Central. É hora de começar a lhes dar atenção.


08. ENROLAR AS MÃOS.Falta de destreza manual na região sub-saia pode resultar em dedos e roupas de baixo torcidas. Se você fôr tão direto assim, peça a ela que tire logo o troço todo.


09. DEIXAR-LHE UM PRESENTINHO.Jogar a camisinha fora é responsabilidade do homem. Você usa, você descarta.


10. ATACAR O CLITÓRIS.Pressão direta é muito desagradável, portanto gire gentilmente seus dedos pelas laterais do clitóris.11. PARAR PRA RESPIRAR.Diferentemente dos homens, mulheres não continuam de onde foram deixadas. Se você parar, elas voltam para a casa número 1 bem depressa. Se você perceber que ela ainda não chegou lá, continue custe o que custar, mandíbula dormente ou não.


12. DESPI-LA ESTUPIDAMENTE.Mulheres destestam parecer estúpidas, mas é exatamente o que ela vai parecer ao ficar nua da cintura para baixo com um suéter enrolado na cabeça. Desembrulhe-a como um presente elegante, não como um brinquedo de criança.


13. ATOCHAR A CALCINHA DURANTE AS PRELIMINARES.Acariciá-la gentilmente através da calcinha pode ser bem sexy. Atochar o tecido entre as coxas dela e ficar puxando pra frente e pra trás náo é.


14. SER OBCECADO PELA VAGINA.Embora a maioria dos homens possa achar o clitóris sem mapas, eles ainda acreditam que é na vagina que acontece tudo. Tão logo sua mão esteja lá, você age como se estivesse tentando pegar a última batatinha num canudo de Pringle's. Isso está correto em princípio, mas se você não for cuidadoso (e tiver cortado as unhas), pode machucar - portanto, não se empolgue. A princípio, é melhor dar atenção ao clitóris e ao exterior da vagina, e então inserir gentilmente um dedo e ver se ela gosta.


15. MASSAGEM GROSSEIRA.Você tenta dar a ela uma massagem sensual, relaxante, para deixá-la no ponto. Pode usar as mãos e pontas dos dedos; cotovelos e joelhos, não.16. TIRAR A ROUPA DEPRESSA DEMAIS.Não force a barra tirando a roupa antes que ela tenha feito algum gesto para ver o seu material, mesmo que seja apenas desabotoar dois botões.


17. TIRAR AS CALÇAS PRIMEIRO.Um homem de meias e cuecas é horrível. Tire as meias primeiro.


18. INDO DEPRESSA DEMAIS.Quando você parte para a situação pênis-na-vagina, a pior coisa que pode fazer é bombear como se fosse uma ferramenta industrial - ela logo vai se sentir como uma operária de linha de montagem tornada obsoleta pela sua tecnologia. Aumente o ritmo vagarosamente, com arremetidas limpas, retas e regulares.


19. INDO COM FORÇA DEMAIS.Se você bater seus grandes ossos dos quadris contra as coxas ou o estômago dela, a dor será igual a duas semanas de cavalgada concentradas em poucos segundos.


20. GOZAR DEPRESSA DEMAIS.É o medo de todo homem. Com razão. Se você dispara antes de ver o branco dos olhos dela, certifique-se de que tem um plano "B" para assegurar o prazer dela.


21. NÃO GOZAR NUM TEMPO RAZOÁVEL.Você pode achar que transar por uma hora sem chegar ao clímax é a marca de um deus do sexo, mas pra ela isso se parece mais com a marca de uma vagina dormente. Pelo menos compre algumas tapeçarias suspensas enigmáticas, para que ela tenha algo em que prestar atenção enquanto você banca o Homem-Maratona.


22. PERGUNTAR SE ELA GOZOU.Realmente, você deveria ser capaz de perceber. A maioria das mulheres faz barulho. Mas se você realmente não sabe, não pergunte.

23. FAZER SEXO ORAL COM GENTILEZA EXCESSIVA.Não se comporte como um gato gigante num pires de leite. Coloque a boca inteira lá e concentre-se em rodar a língua gentilmente ou dar petelecos com ela no clitóris.


24. CUTUCAR A CABEÇA DELA.Os homens insistem em fazer isso até que ela olhe-pro-pênis, esperando que isso levará rapidinho a boca-pro-pênis. Todas as mulheres odeiam isso. Está a três passos de ser arrastada pelo cabelo para uma caverna. Se você quer que ela use a boca, use a sua; experimente falar sedutoramente com ela.


25. NÃO AVISAR ANTES DE GOZAR.Esperma tem gosto de água do mar misturada com clara de ovo. Nem todo mundo gosta. Quando ela estiver fazendo sexo oral, avise-a antes de gozar para que ela possa fazer o que achar necessário.


26. FICAR SE MEXENDO DURANTE O BOQUETE.Não empurre. É ela quem vai fazer todos os movimentos durante o boquete. Você apenas repousa. E não agarre a cabeça dela.


27. IMITAR ATITUDE DE FILME PORNÔ.Nos filmes pornô, as mulheres adoram quando os homens ejaculam sobre elas. Na vida real, isso significa apenas mais roupa para ser lavada.


28. DEIXÁ-LA POR CIMA POR ERAS.Pedir para que ela fique por cima é ótimo. Ficar deitado grunhindo enquanto ela faz todo o trabalho duro não é. Acaricie-a gentilmente, para que ela não se sinta inteiramente como um capitão de escuna. E deixe que ela descanse.


29. TENTAR FAZER SEXO ANAL E FINGIR QUE FOI UM ACIDENTE.Foi desse jeito que os homens ganharam a reputação de não seguir a bula. Se você quer botar lá, peça primeiro. E nem pense que estar bêbado é desculpa.


30. TIRAR FOTOS.Quando um homem diz, "Posso tirar uma foto sua?", ela vai ouvir as palavras "- pra mostrar pra galera". Pelo menos, deixe que ela fique com a posse das fotos.


31. NÃO TER IMAGINAÇÃO SUFICIENTE.Imaginação vai desde desenhar padrões nas costas dela até derramar mel sobre ela e lambê-lo. Frutas, vegetais, gelo e plumas são todos dispositivos úteis; cera quente, tinta indelével, de jeito nenhum.


32. ESTAPEAR O SEU ESTÔMAGO CONTRA O DELA.Não há barulho menos erótico. É tão sexy quanto um concurso de arrotos.



33. COLOCÁ-LA EM POSES ESTÚPIDAS.Se ela quer fazer yoga avançada na cama, excelente, mas a menos que ela seja uma ginasta romena, não seja ambicioso demais. Pergunte-se se quer uma parceira sexual com os tendões torcidos.


34. PROCURAR PELA PRÓSTATA DELA.Leia isto cuidadosamente: estimulação anal é boa para os homens porque eles têm próstata. As mulheres não têm.


35. DAR-LHE MORDIDAS DE AMOR.É extremamente erótico exercer alguma sucção gentil nos lados do pescoço, se você fizer isso com cuidado. Nenhuma mulher quer ter que usar golas rolê e echarpes vistosas por semana a fio.


36. LADRAR INSTRUÇÕES.Não dê gritos de incentivo como um treinador com um megafone. Não é lá muito excitante.


37. FALAR PUTARIAS.Faz com que você pareça um editor de revista solitário ligando para o Disque-Sexo. Se ela gosta de escutar sacanagem, você vai ficar sabendo.


38. NÃO SE IMPORTAR SE ELA JÁ GOZOU.Você tem de terminar o serviço. Continue tentando até que o tenha feito direito, e ela poderá fazer o mesmo por você.


39. ESMAGÁ-LA.Homens geralmente pesam mais do que mulheres, portanto se você ficar em cima dela um tanto pesadamente demais, ela acabará ficando roxa.


40. AGRADECER.Nunca agradeça a uma mulher por fazer sexo com você. Seu quarto não é casa de caridade





Riarm bastante?? Eu também...



Retirado de: http://www.rededosexo.com.br/siterededosexo/texto40errosqueohomemcometenacama.php

O que ELES precisam saber sobre o desejo delas...





Quase sempre os homens acham que sabem tudo sobre as mulheres, o que, é claro, não é verdade. Se você faz parte do time dos sabichões, é bom se lembrar de que, para elas, o sexo bom pode não ser aquilo que você imagina.
Você concorda com isso?
Uma briguinha antes faz bem? - embora muita gente adore brigar só para fazer as pazes
(de preferência na cama), a maioria das mulheres é sensível e se magoa quando há uma discussão. Por isso o melhor é você apostar no carinho, tática infalível mesmo com as menos românticas.
Não preciso me preocupar com isso - se você é do tipo que acha que certos cuidados são frescuras, fique esperto. De vez em quando pode até ser interessante aquele clima “rústico”. Mas no dia-a-dia, preocupe-se em estar limpinho e cheiroso para ela, ainda que sua parceira não tenha mania de limpeza. Não exagere no desodorante ou perfumes. Cheiro natural de pele limpa combina muito bem é com espuma de barbear. Mesmo para quem não acredita, tesão tem tudo a ver com uma aparência cuidada. Manter as unhas limpas e cortadas e outras medidas de higiene pessoais são fundamentais para quem quer prazer na cama.
Elas sempre precisam de um tempo de “aquecimento”? - embora na maioria das vezes isso seja verdade, não é sempre assim. Apesar de ser sabido que as mulheres precisam ser mais estimuladas para ficarem prontas para o sexo, isso não é regra geral. As vezes, elas adoram “uma rapidinha” e não precisam de muita coisa para se excitar. Se estiver ligado nas reações dela, você perceberá o que está rolando no momento.
Uma boa penetração é suficiente para um orgasmo satisfatório? – ainda que você não goste de ouvir a verdade, a resposta é “não”. Além das carícias, o clitóris tem um papel fundamental ao prazer feminino. Se você ainda não o conhece nem sabe como explorá-lo, não se envergonhe: use a criatividade, a boa-vontade e a intimidade que tem (ou quer ter) com sua parceira, para que ela lhe mostre o caminho.
O amor é essencial? –se não há nada melhor do que sexo com amor, isso não parece ser fundamental para um bom número de mulheres. Embora a maioria associe sexo com sonhos românticos, há aquelas que buscam prazer sem compromisso, paixão ou expectativas. Mas não se iluda: confiança, respeito e um mínimo de amizade são fundamentais.
Elas gostam de tomar a iniciativa? – quando uma mulher se sente à vontade com seu parceiro, ela adora a idéia de exercitar seu potencial sedutor tomando a iniciativa do sexo. Ao contrário dos machistas, que ficam desconfiados desse tipo de comportamento e acham que só eles podem tomar a iniciativa, os homens de verdade devem incentivar as manifestações da sexualidade da mulher. Afinal, quer coisa melhor do que se ser objeto de desejo da sua mulher?
Sexo resolve qualquer problema? – embora possa, temporariamente varrer os problemas para debaixo do tapete, o sexo, mesmo se for ótimo, não resolve dificuldades. Conflitos no relacionamento devem ser resolvidos com diálogo, negociação e muito carinho. Até para que o prazer do erotismo compartilhado não se esvazie em meio às divergências.






O que elas deveriam saber sobre o desejo deles






Você pode ser tudo de bom, mas não pense que irá impressioná-lo com um corpo perfeito, ou exercitando o que aprendeu com as amigas ou em manuais de sexo. Para tornar-se uma parceira inesquecível, é preciso lembrar que antes de ser um animal sexual, ele é um homem. Como todo homem, precisa ser assegurado pela mulher que é bom o suficiente para agradá-la. Esse reconhecimento é básico até para que eles fiquem motivados a melhorar sempre.
Lembre-se: os homens costumam se abrir para o sentimento através do sexo. Ao contrário das mulheres que sonham com palavras românticas e declarações de amor antes de chegar à cama.
Veja a seguir, alguns detalhes que toda mulher precisa saber:
Se pudessem, eles transariam com todas? – transariam, sim, ao menos na imaginação. Como afirmou Charles Darwin, o impulso masculino natural é o de propagar seus genes. Além disso, a cultura contribui para que eles achem que quanto mais sexo, melhor. Mas nem todos partem para a prática. Existem, inclusive, aqueles que têm prazer em ser fieis. Se você souber conduzir a relação (e não se envolver com um galinha típico), fique com o bom do sexo entre vocês e esqueça o fantasma da infidelidade. Uma mulher que sabe se dar tem boas chances de ter um homem só dela.
O efeito que uma preocupação pode trazer – lembre-se: um homem preocupado precisa de carinho, atenção e companheirismo. O sexo pode até acontecer, já que o erotismo masculino pode ser facilmente ativado, principalmente através da visão. Mas se ele atravessa um momento difícil, ou tem problemas para resolver, não espere que o sexo tenha o fogo de outros momentos. Pode ser que algumas vezes, ele fique tão absorvido pelos próprios problemas que não queira nada com você. É hora de mostrar-se carinhosa e solidária. Seja uma mulher companheira e não se arrependerá.
Com ou sem perfume? – claro que nenhum homem normal gosta de mulher que não toma banho, mas cuidado com o exagero: não cometa o erro de usar perfumes que escondam seu odor natural. Perfumes fortes causam efeito contrário ao que se espera provocar. Além disso, os homens adoram mulheres limpas e cheirosas naturalmente. O que não diminui, em nenhuma hipótese, a importância de uma higiene exemplar. Você fica muito mais segura e ele percebe que está com alguém que sabe se cuidar.
Os efeitos da maquiagem– grande aliada, ela também pode ser sua maior inimiga na manhã seguinte, quando você acorda com os olhos borrados de preto. A melhor saída é retirar tudo antes de dormir (com sabonete ou um desses lenços demaquilantes).Acordar antes dele para escovar os dentes e se arrumar é uma boa idéia. Mas nada de batom vermelho ou olhos pintados no café da manhã.
A importância da calcinha – de vez em quando, só pra variar, você pode “se esquecer” de usar calcinha. Mas jamais se esqueça de só usar aquelas que estiverem em boas condições. Os homens riem diante daquelas calcinhas velhas de algodão, que são tão confortáveis mas completamente sem sex-appeal. Usar a lingerie para tornar-se mais sedutora está ao alcance de todas. Com a variedade de modelos e cores, você não tem pretexto para abrir mãos de calcinhas bonitas que que a favoreçam. A atenção com os detalhes liga qualquer homem.
Erotismo anula problemas fora da cama? – se vocês vivem se desentendendo, por mais que role uma química forte entre vocês, dificilmente a sua performance vai “segurar” o parceiro. Não adianta ser uma chata no dia a dia e se desdobrar na cama. As coisas não funcionam assim e os homens não são tão tolos a ponto de se deixarem enganar. Trate de resolver suas dificuldades amorosas fora da cama para não comprometer o prazer sexual.
Lavou, tá novo? – sabidamente, os homens são mais volúveis e capazes de dissociar sexo de sentimentos. Mas isso não significa que desvalorizem o amor. Quando se apaixonam, inclusive, eles costumam se entregar até mais do que as mulheres, e por isso tendem até a sofrer mais do que elas. Um homem apaixonado é perfeitamente capaz de ser fiel, desde que valorize sua parceira.



terça-feira, 6 de janeiro de 2009

CONTO - Um amor diferente - Sentimentos iguais (HOMENAGEM AO MEU AMOR) - By Dapne Hazzell





Conheci José, ou como adoro chamá-lo, meu neném há mais de um ano. Através da santa e querida internet. Com o passar do tempo, aumentou-se o grau de intimidade. Tornamo-nos amigos e ... nos atraímos. Durante bastante tempo ele relutou em contar-me um aspecto sobre ele que, para mim não foi uma coisa que fizesse com que eu desistisse de conquistá-lo: a sua deficiência física. Ele apesar de visualmente parecer “normal”, tem dificuldades de locomoção e para tanto utiliza-se de muletas. Em primeiro momento me chateei não por isso, mas por ele pensar que isso seria o fim de nossa amizade. Mostrei-lhe que não. E nos tornamos mais chegados.Enfim, depois de tempos, começamos a namorar. Apesar de tudo isso, moramos longe, mas nem isso conseguiu me afastar dele. Decidi ir ao seu encontro. Passamos meses planejando e sonhando com isso. E... afinal este sonhado dia chegou. Fui tomada de um transe seguido de choro emocionado ao vê-lo ali, de pé na saída do desembarque, com flores a me esperar. Não me contive e demos nosso primeiro beijo. Ele é mais alto que eu. Bem mais... sou uma nanica de 1,49. mas muito danadinha! Rsrsr...Não acreditava que esta frente a frente com aquele homem que eu tanto sonhei por quase 2 anos.Bem... conversamos como tagarelas, passeamos muito e... beijamos tb. A excitação crescia em cada toque. E a cada um deles, nosso desejo se liberava. Apesar disso, nos contivemos. Ele hospedou-me em sua casa, pois morava sozinho. E não... não houve sexo... não até o penúltimo dia em que eu permaneceria em sua cidade. Afinal... depois de todos aqueles dias, tive a plena certeza de que nada me impediria de pertencer a ele de maneira completa, e de dali em diante construir uma vida a seu lado.Ele, como sempre em dia de semana, acordou e depois de uns beijinhos e um café da manha reforçado (fiz questão de mostrar meus dotes culinários...) me deixava para ir trabalhar e eu, como boa mochileira que sou, saia para explorar a cidade. Mas... naquela manha foi diferente. Saí mas fui direto para a feira. Comprei tudo o que eu necessitava para um delicioso jantar. Depois, flores... e por ultimo, uma langerie de matar. Preta, como ele havia me dito que admirava.Fui correndo para casa. Teria toda a tarde para preparar a noite especial, já que ele não almoça em casa..Decorei a casa com flores, pus a mesa e me arrumei. Maquiagem, langerie, tudo ok.As 20:00 horas ele finalmente chegou. Tomou um susto, com a diferença da casa.

- amor... vc assaltou uma floricultura? Kkkk disse me beijando... vc está uma delícia nesta roupa... estou esquecendo de alguma data especial?

- Não neném... só quis que hoje fosse a nossa noite especial... e vc, já para o banho! Vou colocar o jantar...

Em meia hora ele estava de volta... cheiroso, delicioso e com um olhar quase medroso, como quem pensava: esta guria está armando alguma... Jantamos, e ele achou tudo delicioso. Cardápio e sobremesa... morangos com leite condensado... sugestivo não acha? Depois de tudo, fomos para a sala. Pus um som romântico e começamos a conversar, namorar, dar uns beijinhos, abraços...Então eu não em contentei e me sentei sobre o colo dele, de frente pra ele. E continuamos aos beijos... o clima esquentava cada vez mais. Eu já percorria seu pescoço com meus beijos e ele o meu. Senti suas mãos abarcarem minhas nádegas, me trazendo para mais perto...Eu já gemia baixinho em seu ouvido, pois sentia seu membro rijo em meu sexo, mesmo através de tantos tecidos, e isso me excitava. Fui desabotoando sua camisa e vislumbrei seu peito peludo. Beijei e esfreguei meu rosto, querendo me enroscar naqueles pêlos abundantes e macios.Ele, nada pode fazer a não ser por a cabeça para trás e se oferecer a meus beijos. Colhi seus mamilos em meus lábios, arrancando suspiros fundos e sentindo sua excitação materializada neles, endurecidos em minha boca.Abandonei-os e o beijei. Ouvi ele dizer bem baixinho...- Oh minha menina... sonhei com esta noite por tanto tempo... vc é uma delícia... Senti seus dedos desabotoando minha blusa e eu o ajudei, livrando-me dela. Estava apenas de saia e sutiã e calcinha. Senti seus beijos entre meus seios e seus dedos cutucando o fecho atrás de mim, arqueei-me e expus meus seios, agora livres aos seus beijos quentes. Enlouquecedor. Este é o único adjetivo que poderia usar para definir a sensação de ter os seios beijados, sugados e lambidos com delicadeza. Senti sua boca envolvendo o biquinho intumescido, enquanto a outra mão envolvia o outro, massageando-o. Eu... estava entregue. Comecei a me mexer mais... a quase cavalgá-lo mesmo vestida ainda... e isso não poderia terminar senão num delicioso orgasmo, que ele sentiu pois pressionei sua cabeça contra meus seios e gemi, gritei pedi por mais...Ficamos ali... um nos braços do outro, ele esperando que eu me restabelecesse e isso aconteceu...- neném... ainda estamos no sofá! Vamos pra cama amor... Ergui-me e ele, pegou suas muletas e me seguiu. Quando entramos no quarto ele se surpreendeu com as velas acesas e a cama... cheia de pétalas de rosas vermelhas.os sentamos lado a lado e eu o ajudei a se despir por completo. Eu ainda fiquei com a calcinha. Começamos a nos acarinhar, beijar, senti suas mãos tentando arrancar a minha calcinha e eu obedeci a sua vontade... ele a arrancou com os dentes...Eu estava finalmente nua....Aos poucos nos adaptamos e continuamos nosso amasso mais que delicioso.
Sentimos o calor de nossos corpos e enquanto nos beijávamos, senti sua mão buscar meu sexo úmido e eu não fiz nada senão permitir e ajudar.
Senti seus dedos deslizarem em minha umidade isso me encheu de fome... fome dele. Eu o necessitava. Toquei também seu pau deliciosamente rijo, e desci por seu corpo, beijando-o até que minha boca o colhesse delicadamente e o sugasse, envolvesse, desse prazer ao meu amor...
Senti suas mãos enroscando-se em meus longos cabelos e pedindo entre sussurros e gemidos por mais...
- ahhhhhhhhhhhh minha menina... ahhh não pare... assimmmmmmm isso!

Empenhei-me e provei todo ele. Suas bolas macias, seu delicado períneo, seu pau doce e duro... tudo.
Mas não o deixei finalizar... a noite ainda era longa. E nós não tínhamos aproveitado nem um terço dela.
Voltei aos beijos e ele me pediu...
- ah amor... deixa... deixa eu sentir seu sabor... vem pra mim vem ...

Entao eu, me ergui e fiquei de joelhos sobre a cama. E de joelhos eu cheguei perto de sua face. A ele mostrei então meu sexo... minha bucetinha umida e lisa... ávida por carinhos...
E passei a perna esquerda por cima de seu rosto. Sentei-me sobre ele. Senti o calor de sua pele, e seus dedos macios acariciando-a e pondo meus quadris sobre sua boca ávida por meu mel.
Senti seus lábios beijarem os meus lábios mais íntimos... e isso fez com que me segurasse á cabeceira da cama, e soltasse gemidos roucos...
Aos poucos estes foram sendo abertos e descortinaram um botãozinho rosado e uma entradinha mais rosada ainda... úmidos... sua língua sedenta então os explorou...
E a cada toque era arrancado de dentro de mim um gemido, um grito abafado, um pedido por mais... meus quadris enlouquecidos obedeciam aos ritmos impostos por sua língua e boca sedentas... minha alma derretia-se ao toque de sua boca, e o lambuzava do mel mais doce. O mel do prazer feminino.
Não demorou muito até que o ápice chegasse. E ele trouxe um torpor que me fez esquecer de onde estava: agarrada á cabeceira da cama e sentada sobre a face do meu amor... ele ainda degustava de minha bucetinha.... e isso me acordou para querer mais...
Aos poucos saí de minha posição e deitei-me a seu lado.
Recebi carinhos e elogios por meu sabor e maciez... e quase adormeci, tamanho o orgasmo que me assolou...
O que me impediu, na verdade, foi a sucessão de carinhos, que acenderam meu fogo novamente. E me fizeram desta vez, sentar sobre seu membro e recebê-lo dentro de mim... inteiramente.
Cavalguei-o como amazona doce e voraz... ele gemia... segurava-me os seios, sugava-os e em poucos minutos que pareciam eternos... tornamo-nos um só, num prazer único, explosão de gozo que assolou e tremeu nossas almas.
Passamos muito tempo ali... sentindo-nos, um dentro do outro. E adormecemos. Ele atrás de mim, e sua mão sobre meu seio direito. Meu mamilo entre seus dedos.
Foi assim que acordei de madrugada... meu mamilo duro, estimulou um massagem e esta, despertou nosso desejo para uma segunda sessão de muito amor.
Naquele peito descobri meu lugar no mundo. E depois de muito tempo de amor, companheirismo e luta juntos... fomos recompensados com o maior tesouro que um casal pode receber: Pedrinho...

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

AS 10 POSIÇÕES SEXUAIS MAIS EXCITANTES



É comum numa relação ato sexual cair na rotina. Para reverter esse quadro, você pose variar nas posições sexuais. Que tal explorar uma com um ângulo ousado e que dê mais prazer tento à mulher quanto ao homem? Algumas posem até favorecer a penetração total. A sexóloga Célia Pabast selecionou as 10 posições que prometem espantar o sono e a preguiça e fazer de sua transa uma delícia.

SENTADOS
Com o homem sentado, a mulher se encaixa por cima dele para que ocorra uma penetração profunda. Dessa forma, ao receber o pênis, a mulher estimula (automaticamente) o clitóris.


AJOELHADOS
O homem deve ficar ajoelhado e a mulher com a barriga para cima, com as costas na cama e o bumbum nas pernas dele: assim, ela pode roçar os pés no tórax do parceiro durante a penetração. E ao segurar os joelhos na altura de seu peito, há muito prazer.


CLÁSSICO
A famosa papai-e-mamãe funciona! Deitada de frente para ele, a mulher faz o movimento pélvico, mexendo o quadril durante a penetração. Com as pernas abertas, ela pode estimular o clitóris, enquanto é penetrada. Tudo acompanhado por beijos no peito do parceiro e no seu também!


PERNAS PRA CIMA
Com pernas elevadas, a barriga para cima, apoiando um dos pés no peito do parceiro, você pode fazer uma forte estimulação do clitóris durante a penetração.


DE PÉ
Ambos de pé e a mulher encostada na parede, ela eleva as pernas e senta no colo dele se encaixando no pênis. Você deve apoiar os braços no pescoço dele e fazer movimentos com o bumbum.


SEGURANDO OS TORNOZELOS
Sentados novamente. Agora, ele fica com os braços para trás e segurando no tornozelo, a mulher senta no pênis e com as pernas encolhidas, faz os movimentos da introdução e retirada do pênis.


DE QUATRO
A famosa posição de quatro também é bem vinda nesse repertório. A mulher fica com a barriga para baixo e ele faz os movimentos da introdução e retirada do pênis.



AGACHADINHO
Deitada na cama e com a barriga para o alto, ela se encaixa no pênis do parceiro e eleva as pernas. Ele, agachado, faz a penetração total do pênis nessa posição.


PÉS NO PEITO
De barriga para cima e o bumbum na ponta da cama, a mulher coloca os pés no tórax do parceiro, que fica à vontade para introduzir o pênis


DEITADO SOBRE A PARCEIRA
O homem estimula a vagina com a penetração e ainda faz sua parceira sentir o calor do seu corpo, com palavras surradas ao seu ouvido.


REGRAS PARA DEIXAR A TRANSA MAIS GOSTOSA
• Antes de ousar em qualquer posição na cama, o diálogo deve existir. Conversem mais e descubram as que favorecem o prazer. É fundamental falar sobre as posições. “se a mulher é travada demais, é preciso o homem dialogar para descobrir em qual posição ela se sente melhor para, posteriormente, poder ousar em outras, esclarece a sexóloga.
• Apesar de já ser evidente que algumas posições sexuais favorecem o prazer durante o ato da penetração, os homens precisam entender que a vagina se amplia para receber o pênis. E isso acontece quando a mulher é devidamente estimulada para que a região fique lubrificada. “Quando ela está altamente excitada, a vagina esta pronta para receber o pênis. E estar à vontade no ato sexual é imprescindível para a mulher, que em certas posições, durante a penetração, tem maior estimulação do clitóris”, define.


Retirado de:
http://www.atelierdenoivas.com.br/mostra.asp?cod=3161

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Dicas para um delicioso sexo oral



Algumas dicas para os homens fazer um bom sexo oral:



1) Beije e lamba o abdomen de sua parceira e a parte interior de suas coxas. Abrindo as pernas de sua parceira, você pode passar a língua no períneo, que é a àrea entre a vagina e o ânus.Em muitas mulheres o períneo é repleto de terminais nervosos e, portanto, muito sensível ao ser tocado ou lambido, o que pode ser muito excitante.



2)O clitóris é provavelmente a parte mais sensível do corpo da mulher. Você pode começar passando a língua bem devagar em volta dele, fazendo movimentos mais suaves ou dependendo de sua parceira, movimentos mais rápidos e movimentos de pressão.A comunicação neste momento é importante, pois os dois podem sentir prazer juntos nesta atividade.



3) Alguns casais gostam de tocar e estimular outras áreas do corpo do outro enquanto se estimulam oralmente.O homem, por exemplo, pode acariciar os seios, mamilos ou coxas da parceira.




Como estimular o clitóris?Primeiro, use três dedos (indicador, médio e anular) para pressionar a superfície do botão mágico e acariciá-lo em círculos.Na hora de começar a exploração, eleja o indicador ou o médio para tocar grandes e pequenos lábios. Acaricie a parte interna das coxas, percorra a entrada da vagina - sem entrar.Então, de novo, estimule o ponto C com movimentos circulares. Desça o dedo para a entrada da vagina e movimente-o como se estivesse fazendo carinho entre os olhos de um gato.Sexo oral também vai fazê-la ouvir os sinos. O ideal é que ela esteja deitada de costas, com as pernas separadas. Corra os dedos pelo púbis, chupe os lábios vaginais sem usar a língua.Depois do toque inicial, dê as primeiras lambidas no clitóris, longas e duradouras, como se ele fosse um sorvete. Sinta sua língua percorrendo a vulva e... interrompa os movimentos. É o jogo do provoca-e-pára.Cada ciclo de estímulos deve durar aproximadamente dez segundos, repetidos durante três minutos. Só então dê o que ela pede: pressione levemente a ponta da língua sobre a cabeça do clitóris, como se fosse uma onda banhando-a. Continue por cinco segundos.Falando na "zona sul", carícias no períneo, espaço situado entre o final da vagina e o ânus, e nos pequenos lábios também são ótimos meios de deixar a mulher pedindo mais - e você feliz da vida."A área se enche de sangue quando estimulada, o que aumenta o contato contra o pênis no momento da penetração. A conseqüência disso é que a abertura vaginal fica mais estreita, potencializando a excitação masculina."




3 fatos sobre o clitóris que 100% dos homens precisam saber:



1) Todo clímax começa no clitóris - Esse órgão é o epicentro da diversão feminina, uma poderosa bomba atômica de prazer na qual nenhuma sensação passa despercebida.



2) Tamanho não é documento - O clitóris mede até 9 centímetros. "Porém, como um iceberg, uma boa parte não pode ser vista, pois está dentro do corpo". A parte exposta varia de meio a 5 centímetros. Grande ou pequeno, proporciona a mesma satisfação. Isso porque o número de terminações nervosas se mantém - cerca de 8 mil!



3) O seu orgasmo também depende dele - Quando intumescido, o clitóris ajuda a formar um arco na entrada da vagina, que aumenta a pressão contra o pênis. Viu? Estimulá-lo é bom para você também!

Retirado de: http://monikabaumann.blogspot.com/2008/11/dicas-para-o-homem-fazer-um-bom-sexo.html